Category: Chef

Variedade de petiscos que dá água na boca

3 de abril de 2019
Seja fim de tarde ou final de semana, uma cerveja gelada sempre combina com o que? Petiscos, é claro! E se você é do time que ama o Cantinho do Pescador, sabe que o nosso cardápio é cheio deles. E por haver tantos e tantas possibilidades de você experimentar nossas delícias, resolvemos fazer um “tour gastronômico” pelos nossos petiscos e entradas.
Mas antes de tudo: a soberana Casquinha de Siri
Acho que é impossível entrar neste assunto sem lembrar dela, a maravilhosa, rainha do nosso restaurante: Casquinha de Siri. Não há como negar: a iguaria é a mais amada aqui da casa e você não pode passar por aqui sem experimentar ela, certo?!  Nós também já falamos aqui em nosso Blog da riqueza que é a carne de siri que, além de ser pouco calórica, é rica em proteína, podendo substituir em algumas refeições a carne vermelha.
Mas vamos em frente… 
Você já ouviu falar do Coquille de Camarão? Não?? Então você está perdendo tempo. Este é um outro prato que está dentro da nossa grande variedade de petiscos e entradas. O Coquille dispensa muitas palavras porque você precisa experimentá-lo. Ele é composto por camarão, champignon, palmito, molho branco e, de quebra, é gratinado com queijo. Por aqui a boca já está cheia de água… E aí?
Opções à milanesa
 
Se você é fã de “à milanesa” também vai amar alguns de nossos petiscos . De forma especial o xadrez de frango, xadrez carne ou ainda o camarão à milanesa. Com a cerveja do Cantinho beeem gelada, não há como ficar melhor…
 Sempre há como ficar melhor…
Quer dizer, por aqui sempre há como ficar melhor, porque você ainda pode escolher os pastéis de camarão (que é de comer rezando), palmito, queijo ou, ainda, camarão alho e óleo ou no bafo, além dos bolinhos de peixe e bacalhau…
E isto é só o começo…
São tantas opções que só você experimentado para saber qual mais gosta.  Faça assim então: experimente todos e conte pra gente o seu preferido!

Nós nos preocupamos com o descarte do óleo de cozinha. E você?

25 de março de 2019

O que você faz com o óleo que você utiliza na sua cozinha? Você joga na pia? Coloca ele em algum recipiente fechado e descarta junto do resto do lixo da sua casa? Ou, quem sabe, você despeja no pátio da sua casa? Todos estes meios de descarte estão errados!

Aqui no Cantinho do Pescador nós nos preocupamos muito com a maneira em que descartamos o óleo de cozinha – e olha que utilizamos muito óleo diariamente!

Só para que você entenda a nossa preocupação, vamos usar os exemplos que “sugerimos” acima para mostrar como o descarte errado pode ser prejudicial ao meio ambiente.

Primeiro que, ao descartar na pia, você precisa ter um sistema de esgoto ligado à sua casa para que ele não acabe em rios, por exemplo. Além disso, a probabilidade de você entupir a sua pia é bem grande, afinal, você deve saber que óleo não se mistura com água e ele fica pegajoso, grudando nos canos.

Colocar junto do lixo comum, ainda que em um pote fechado, não pode nem passar pela sua cabeça. Mesmo que a cidade tenha um descarte correto de lixo, o que será feito com ele em aterros sanitários? Ele pode acabar sendo colocado no solo, que é o outro tipo de descarte que você não pode fazer, nem que seja no seu pátio, porque a decomposição do óleo no solo libera gás metano. Esse gás ao lado do dióxido de carbono (CO2) se torna o principal responsável pelo aquecimento da Terra.

Mas então, o que eu posso fazer?

A primeira alternativa é, claro, procurar locais que recebam esse rejeito. Aqui em Torres há empresas que o recolhem, por exemplo. Aqui bem pertinho, inclusive, em Passo de Torres, o Supermercado Beira Rio recolhe óleo de cozinha usado e, de quebra, você ainda ganha um desconto para comprar mais óleo. Além disso, você pode procurar junto da prefeitura um ponto ideal.

Mas se você quer tornar este óleo algo útil, que tal fazer sabão? É rápido e fácil!

Você vai precisar do óleo, claro; uma peneira fina; recipiente de alumínio para ir ao fogo, que pode ser uma panela velha; alguns aditivos químicos, que são fáceis de encontrar como soda cáustica, essência e corante; e formas retangulares.

Como fazer

Comece passando o óleo pela peneira para retirar o excesso de impurezas. Em seguida, aqueça o óleo no recipiente a uma temperatura de 60°C. Adicione os aditivos químicos e misture até obter uma pasta cremosa. É importante que você faça isto com a proteção de luvas e máscara para o rosto, evitando assim o contato e inalação dos aditivos. Depois, despeje a pasta líquida nas formas retangulares, espere endurecer e corte os pedaços na forma de barras. A essência e o corante servem para que o sabão não fique mal cheiroso e cor.

 

Categories: Chef Tags:,

Você sabe qual é a diferença entre o churros espanhol e o brasileiro?

19 de março de 2019

Quando falamos em churros, o que você imagina? Se você é fã da série mexicana Chaves com certeza vai se lembrar daquele famoso episódio em que seu Madrugada vende o delicioso churros na Vila, ou, se você é da Torrica, é claro que vai lembrar das inúmeras casinhas que o vendem na Beira-Mar. Maaas talvez você não sabe qual a história deste doce e, tampouco, conhece como ele verdadeiramente foi criado.

É que o churros vendido na maioria dos lugares aqui de Torres vem com recheio, sobretudo de doce de leite, porém, ele não nasceu assim.

O alimento de origem espanhola, é muito popular nos países latino-americanos. A receita, preparada com massa a base de farinha de trigo e água, em formato cilíndrico e frita em óleo vegetal, é salpicada com uma camada de açúcar por fora e, opcionalmente, também com canela. E é isso… Ao menos na maioria dos países… Somente no Brasil e no Uruguai é que ele leva recheio.

Entretanto, aqui no Cantinho do Pescador nós somos fiéis à receita verdadeira, e temos essa deliciosa sobremesa na versão espanhola mesmo, fininho e sem recheio, acompanhado de doce de leite ou nutella, para você passar em cada mordida. Além dele ser um delicioso acompanhante para um cafezinho numa tarde de trabalho, o churros serve muito bem depois de você experimentar nossos pratos deliciosos.

Afinal, qual a importância do Selo de Inspeção Federal?

15 de março de 2019

Cotidianamente nós temos batido na tecla aqui em nosso blog de como você pode confiar em tudo aquilo que consome aqui no Cantinho do Pescador. E reiteramos: trabalhamos para que você viva bons momentos, aproveitando nosso cardápio e, claro, sempre com saúde! Você deve lembrar que, recentemente, fomos o aprovados com sucesso em uma fiscalização de saúde alimentar, certo? Uma dos itens analisados nesta fiscalização foram os selos de inspeção, claro.

Mas falando nisso, você sabe o são esses selos?

O principal deles é o SIF, ou seja, o Selo de Inspeção Federal. Para você ter uma ideia, todos os nossos congelados aqui no Cantinho, precisam e possuem este selo.

Além do federal, existem os selos municipais e estaduais, no entanto, todos eles servem para garantir a segurança e a procedência dos alimentos que você consome.

Mas qual a importância do SIF?

  1. Garantia de padrão Quando utilizamos um produtos com o SIF, temos garantia de que eles têm um padrão fiscalizado pelo governo.
  2. Manutenção da qualidade – Os padrões para concessão do SIF são determinados pelo governo com base em pesquisas e diretrizes de segurança alimentar. Dessa forma, você pode confiar que o produto com SIF sempre terá qualidade superior a outros equivalentes que não passaram por essa inspeção.
  3. Segurança alimentar – Alimentos de origem animal podem sim transmitir doenças. No entanto, os produtos que possuem SIF apontam que o produtor se preocupou com saúde e se esforçou para adequar aos padrões federais, que são extremamente rigorosos.
  4. Prontidão para consumo – Outra vantagem do selo de inspeção é indicar para o consumidor de forma clara que aquele item está pronto para consumo. Ou seja, ao adquirir um produto com SIF, sabemos que o produto está pronto para ser utilizado.

E você, quer conhecer nossa cozinha? Aqui você pode ver com os próprios olhos a qualidade e empenho para que você só viva bons momentos com a gente.

*Com informações de zafe.com.br

Saúde em primeiro lugar: conheça nosso processo de higienização de alimentos 

12 de março de 2019

Tomara que com você não, mas nós conhecemos algumas pessoas que já tiveram surpresas nada agradáveis ao comer verduras e hortaliças em alguns restaurantes por aí… Mas aqui no Cantinho do Pescador, nossos cuidados vão muito além de simplesmente lavar estes alimentos para que isto não ocorra. Por aqui nós seguimos todas as regras da Agência Nacional de Vigilância Sanitária a fim de eliminar qualquer tipo de micróbio ou parasita que possa estar nos alimentos e que transmite doenças.

De acordo com a nutricionista consultora de alimentos, Carlise Motta de Abreu, que trabalha junto conosco, o processo de limpeza é, de fato, uma desinfecção. Ela esclarece que isto é fundamental no pré-preparo de saladas e outros pratos que levam frutas, legumes e verduras frescas e cruas em que não haverá uso do calor (cozimento, fritura ou forneamento). “No Cantinho do Pescador nós prezamos na proteção da saúde do consumidor, evitando que entrem em contato com  micro-organismos prejudiciais à saúde, principalmente no caso de gestantes, que devem se proteger contra doenças, e indivíduos imunodeprimidos, ou seja, que apresentam a imunidade reduzida”, explica.

Como esta limpeza é feita?

Nosso trabalho é dividido em quatro etapas:

  1. Seleção e lavagem em água corrente (vegetais folhosos, frutas e legumes);
  2. Imersão (mergulhar) destes alimentos por 15 minutos em solução clorada (hipoclorito de sódio na concentração de 200ppm (0,02%);
  3.  Em seguida os hortifrútis são muito bem enxaguados em água corrente e potável, para que não fique resíduo do produto (cloro);
  4.  Os hortifrútis são acondicionados sob refrigeração a temperaturas inferiores a 5°C até o momento de cortar, porcionar e servir.

Laranjas e limões

Vale lembrar que o mesmo processo, segundo Carlise, é feito com limões e laranjas que são servidos junto de bebidas aos clientes.

Equipe preparada

Toda a equipe Cantinho do Pescador recebe treinamentos e orientações para que entendam e apliquem a correta higienização dos hortifrútis. “Este trabalho faz parte dos conhecimentos (treinamentos) de Boas Práticas em Manipulação de Alimentos, fundamentais para garantir alimentos seguros”, acrescenta a nutricionista.

Leia mais:

Consultoria de alimentos leva Cantinho do Pescador à excelência.

Cafezinho da tarde no Cantinho? Sim, você pode!

8 de março de 2019

As suas tardes de trabalho e reuniões, que na maioria das vezes são desgastantes, podem se tornar diferentes. Que tal em um Cantinho diferente? É isso mesmo que você está pensando: já imaginou marcar uma reunião com o seu cliente ou simplesmente trabalhar em um lugar diferente nas tardes da Torrica? Você pode fazer isso aqui no Cantinho do Pescador!

Ah, mas não quero comer Casquinha de Siri às 15h, prefiro ela em um Happy Hour…

Mas quem disse que você precisa experimentar nossa maravilhosa Casquinha durante a tarde? Você até pode, mas nosso cardápio é especial neste período.

Durante todo o período que consideramos de menor movimento, ou seja, entre o almoço e o jantar, nós continuamos servindo nossas sobremesas, além, é claro, de um Café Expresso daquele jeito que você gosta.

Quer um indicação de qual sobremesa combinar com o seu café? Fácil!

Que tal um Petit Gâteau? Há algumas semanas nós falamos um pouco sobre a sobremesa aqui no blog, você pode relembrar mais clicando aqui.

Mas o que está em jogo, é o delicioso sabor do chocolate com amargo do café expresso, embalando aquele assunto ruim daquela reunião que você adiou dias… Com essa junção de sabor, ficar até mais fácil digerir, não é mesmo?!

Ou quem sabe você prefira o nosso Churros espanhol?

Aiai, só de pensar naquelas delícias com doce de leite e aquele amarguinho do café já dá água na boca…

Além destas duas opções, você pode conferir no dia quais as outras que estão disponíveis.

Não esquece de bater aquela foto na sua tarde de frente para o Rio Mampituba e marcar a gente.

É macarrão que você quer? No Cantinho você encontra

1 de março de 2019

Ok, ok, nós sabemos que você é apaixonado por Frutos do Mar, mas tem outra coisa que sabemos que você também ama… Então coloque a Tarantella no último volume, peça aquele vinho especial e: aproveite nossos saborosos pratos com macarrão.

E se juntarmos as duas coisas que você ama, Frutos do Mar e macarrão, o que você acha? Esse é um dos nossos pratos mais servidos quando os clientes querem unir as iguarias: o Talharim com Frutos do Mar.

Feito com macarrão talharim, o prato é composto, ainda, por siri, mexilhão, lula e camarão. Confessa que você ficou com água na boca só de pensar, não é mesmo?!

E se for espaguete e camarão que você quer? Aqui você também encontra: o Espaguete ao Molho de Camarão. Se você ama este fruto do mar, não há como não saborear.

E sem Frutos do Mar?

Mas se você prefere macarrão sem os frutos, nós também temos. Um deles, de forma especial, é MARAVAILHOSO: o Paillard de Mignon e Pasta, que é composto por penne ao quatro queijos e filé mignon ao molho madeira.

Além dele temos Espaguete à bolonhesa e Sopa de Capeletti.

Cantinho do Pescador para as crianças. Conheça nosso menu kids

22 de fevereiro de 2019

Bons momentos ficam marcados em nossa memória e geram muita saudade, não é mesmo?! Melhor ainda se eles carregam consigo a risada fácil do seu filho, o jeito como ele pede para você servir a comida ou, ainda, aquele desenho todo colorido, pintado especialmente para você. E é pensando nestes momentos que nós queremos, sim, que você traga seu filho para o Cantinho do Pescador.

E a gente sabe que o paladar infantil ainda precisa ser muito apurado, por isso, temos em nosso cardápio o “Prato infantil”. Nele, seu filho pode saborear o melhor do sabor do cantinho em um prato composto por escalopinhos de carne, ou quem sabe peixe ou frango, arroz branco, batata smile e feijão. Simples, gostoso e, claro, nutritivo. O prato infantil custa R$ 26.

E na sobremesa?

Seu pequeno merece uma sobremesa incrível no final de semana, né?! Nosso cardápio é cheio delas.

Nossa principal sugestão é o Petit Gateau de chocolate, mas você ainda pode escolher entre tortas, brownies, ambrosia ou uma cassata.

Desenhos para pintar

Mas você está com amigos e quer bater um bom papo bebendo a cerveja do Cantinho do Pescador? Seu filho recebe uma folha com desenhos que remetem à temática do mar junto de lápis para colorir. De quebra você ainda ganha uma lembrança incrível para garantir aqueles bons momentos que falamos ao voltar para a casa, que tal?

Consultoria de alimentos leva Cantinho do Pescador à excelência

19 de fevereiro de 2019

Você deve ter lido aqui em nosso penúltimo post no Blog que o Cantinho foi o único estabelecimento, dentre os cinco fiscalizados pelo Ministério Público aqui em Torres, a não ser interditado. A boa notícia foi, claro, comemorada por nós. Contudo, reiteremos que ela não é um mérito, afinal, trabalhamos para levar alimentação de qualidade para você que é nosso cliente, possibilitando que você viva bons momentos. E isto é o que importa.

Entretanto, vale ressaltar a preocupação que temos para chegar a este nível. Muitas coisas acontecem até que os nossos pratos saborosos cheguem até você. Uma das principais é a consultoria de alimentos que recebemos quatro vezes por semana para que nada passe despercebido aos nossos olhos.

Aqui no Cantinho do Pescador nós contamos com o trabalho da nutricionista consultora de alimentos Carlise Motta de Abreu, que é responsável por nos avaliar, com olhar crítico claro, apontar os erros e traçar estratégias para que não ocorram problemas.

Na imagem, a Carlise está conferindo a temperatura certa dos alimentos

 

De acordo com a profissional, o papel dela é adequar o serviço de alimentação àquilo que a legislação pede, garantir que os produtos tenham procedência comprovada e certificação sanitária, além de implantar controles de qualidade, capacitar a nossa equipe e trabalhar para que não haja desperdícios.

Conforme Carlise, atender a Vigilância Sanitária, além de ser obrigatório, protege o consumidor e o estabelecimento contra as doenças transmitidas por alimentos. “É importante salientar que o meu trabalho gera bons resultados e garante o alimento seguro porque a equipe de colaboradores do Cantinho do Pescador é dedicada e comprometida, seguindo as orientações e treinamentos”, acrescenta.

Já experimentou a nossa clássica Caipirinha de Marisqueira?

15 de fevereiro de 2019

Se você já veio a Torres e não experimentou a cachaça “Marisqueira” você precisa voltar. E urgente. Nessa nova visita que te sugerimos, aproveita e passa aqui no Cantinho do Pescador porque temos a melhor caipirinha de “Marisqueira” de todo o litoral.

Mas afinal, o que é essa “Marisqueira”?

A cachaça Marisqueira foi criada, segundo o portal Mapa da Cachaça, em 1954 na região de Torres. Hoje, o local onde ela foi criada pertence ao município de Dom Pedro de Alcântara. Criado por aqui, o produto típico da região se tornou muito famoso no estado e possui grande fama pelo seu sabor diferenciado e puro, motivo pelo qual você não pode deixar de experimentar.

O nome da cachaça remete ao “apelido” dado aos moradores da cidade, os “marisqueiros”. Essa brincadeira faz alusão à quantidade do fruto do mar que há na nas praias da cidade e àqueles que se dedicam a pegá-los.

Caipirinha com mel ou açúcar?

Aqui no Cantinho você tem duas opções para saborear essa bebida a típica. Sua caipirinha de “Marisqueira” pode ser adoçada com açúcar ( R$ 14) ou, ainda, com mel (R$17), o que lhe dá uma sabor ainda mais doce.

Aproveite e conte pra gente o que você acha da bebida.